Passado o Winter Challenge 2011, podemos resumir o evento em 2 palavras: aprendizado + diversão. Muitas coisas aconteceram nestes 3 dias de competição. Como era de se esperar, tivemos vários imprevistos (mesma desculpa de sempre) antes da partida para Itajubá, dentre eles:

  • A eletrônica do Sumô RC não chegou a tempo, o que obrigou nosso departamento elétrico a encontrar uma solução rápida e eficiente, improvisando uma eletrônica substituta, para que fosse possível controlar os motores remotamente. No entanto, com os recursos e o tempo disponível, só foi possível fazer com que os motores girassem em um sentido, ou seja, sem reverso.
  • O gravador AVR do seguidor de linha parou de funcionar pouco antes da competição, impossibilitando que programássemos o Follower para seguir uma linha corretamente.
WC 2011 WC 2011 WC 2011

Durante a competição, além da luta dentro da arena, tivemos que enfrentar uma acirrada luta nos boxes para fazer com que a pneumática do nosso Caveirão funcionasse (válvulas vazando, cilindro de N2 com pressão insuficiente, dentre outros), tarefa essa nada fácil. O nível de dificuldade pode ser notado pelo falo de que somos a única universidade do país com um robô de combate pneumático.

Já o Spartacus, apesar de ter dado muito trabalho para ser montado, por ter 1 mol de parafusos, se saiu bem. Um robô projetado para ser compacto, potente e veloz, fez o seu trabalho, levando o oponente para a parede. No entanto, como muitas outras rampas desta competição, perdemos uma rodada para o bloco de concreto pois sua rampa ficou presa entre o bloco e o piso da arena.

WC 2011 WC 2011 WC 2011

  

A classificação final do Winter Challenge 2011 para nossos robôs foi:

  • 5° lugar: Spartacus (Featherweight) - grande vitória da equipe, pois em nossa primeira disputa nesta categoria, ficamos à frente de várias equipes com grandes projetos já consolidados;
  • 7° lugar: Caveirão (Middleweight) - mesmo após tantas dificuldades, conseguimos subir duas posições em relação à competição do ano anterior;
  • 7° lugar: Poligno (Sumô RC) - funcionando apenas no "modo forward", nas rodadas em que conseguiu ficar de frente para o adversário (devido a dificuldade para virar), ninguém conseguiu tirá-lo do lugar.

Tendo em mente os erros e os acertos que cometemos no Winter Challenge 2011, já estamos nos movimentando para o próximo campeonato, visando melhorar cada vez mais nossos projetos, bem como estamos estudando a possibilidade de expandir nossa participação para mais algumas categorias. Que venha o Winter Challenge 2012!